AO VIVO
Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
Busca
Vitória
30ºmax
19ºmin
Correios Celular - Mobile
Cultura

Vanusa é internada em clínica

Cantora tem demência, usa fraldas, não se alimenta sozinha e está acamada

21 outubro 2020 - 18h00Por Sandra Capomaccio

O filho da cantora Vanusa, Rafael Vanucci, explicou nesta terça-feira (20) o motivo pelo qual decidiu voltar a internar a mãe em uma clínica. De acordo com ele, a demência da artista está em um estágio muito avançado, e ela não consegue sequer comer sozinha.

— Muita gente acha que Vanusa teve alta do hospital e saiu andando pela porta da frente, e poderia ir para a casa dela ou até mesmo para a minha casa ou da minha irmã (Amanda). Isso não é verdade. (...) A doença da minha mãe está em um estágio muito avançado. Ela tem uma doença cognitiva, uma demência — disse em vídeo publicado no seu instagram — Minha mãe saiu do hospital de ambulância porque ela só permanece deitada — acrescentou.

A cantora passou 32 dias internada para tratar de um quadro de pneumonia e anemia no Complexo Hospitalar dos Estivadores. O boletim médico que informava a alta foi no dia 9 de outubro, dizia que ela retornaria para sua casa de repouso em Santos, litoral paulista, onde ela permaneceu nos últimos dois anos.

Rafael disse que estava fazendo o vídeo para esclarecer a situação, uma vez que sofreu diversos ataques de pessoas que o questionavam porque ele não tinha levado Vanusa para a casa dela ou de algum parente. A decisão foi tomada por ele, que teria tido apoio da equipe médica do hospital onde ela ficou internada, dos profissionais que a acompanham e de sua irmã, Amanda.

— Não é simplesmente colocar uma enfermeira de dia e uma de noite que ela seria bem tratada. O estágio da doença da minha mãe é muito avançado, a minha mãe não se alimenta sozinha mais, está acamada, usa fralda, não tem dentes na boca por não ter força para fazer um tratamento dentário e não lembra de muitas pessoas — afirmou.

Vanucci acrescentou ainda que a cantora precisa de atendimento médico diário e que não consegue se alimentar.

— Ela perdeu o cognitivo da alimentação. Então, todos os dias ela faz fisioterapia para ensinar ela a comer. O grande problema de quem tem demência é que se alimenta errado e essa comida vai para o pulmão e causa a pneumonia, foi por isso que ela foi para o hospital. Ela também faz fisioterapia pulmonar, para respiração, e faz fisioterapia também para o corpo, para os músculos, exercícios, por conta dela ficar acamada — continuou.

Segundo o filho, Vanusa está doente há 15 anos:

— Só quem tem um idoso doente sabe o que é isso. Eu sei o que eu passo, o que minha família passa. Sou forte e continuo lutando e vou lutar pela minha mãe hoje e sempre — finalizou.