AO VIVO
Menu
Busca domingo, 18 de abril de 2021
Busca
Vitória
30ºmax
20ºmin
Correios Celular - Mobile
Economia

Empréstimos: pesquise o custo efetivo mensal

Dia-a-dia da Economia

11 janeiro 2021 - 09h00Por Reinaldo Cafeo
Empréstimos: pesquise o custo efetivo mensal

Muitas famílias não conseguem honrar com sua renda mensal todos os compromissos financeiros assumidos. Mesmo tendo que trabalhar para que isso seja resolvido, os empréstimos bancários acabam sendo o caminho mais fácil.
Buscar empréstimos ajuda, mas pode acomodar, e se não houver um esforço para sanear as finanças do lar, pode virar uma bola de neve.
O alerta é no sentido de rever os gastos mensais e adequar o padrão de vida a realidade de renda. Enquanto isso não ocorre se o empréstimo é inevitável, a dica é ficar de olho no custo efetivo mensal. Além da taxa de juros, os empréstimos sofrem incidência de IOF – Imposto sobre Operações Financeiras e em muitos casos taxa de abertura de crédito. Considere todos os custos envolvidos.
Evite modalidades que possuem elevada inadimplência, com são os casos do cheque especial e rotativo do cartão de crédito. As taxas são salgadas, O cheque especial tem taxa de 8% ao mês, enquanto o rotativo do cartão de crédito pode atingir até 14% ao mês. 
Outra modalidade considerada cara é o empréstimo pessoal em financeiras. As mais baratas do mercado são o crédito consignado e o penhor de joias.
Caso tenha dificuldade em calcular o custo efetivo mensal procure um especialista e até mesmo os órgãos de proteção ao crédito.
Como colocado, não deixe o empréstimo bancário levá-lo para zona de conforto e não buscar mudanças na gestão do orçamento familiar. 
Os empréstimos precisam ter prazo de validade para evitar elevado desequilíbrio financeiro.

Reinaldo Cafeo
Economista